2000

Portfolio Completo PDF

COMPLEXO RESIDENCIAL E COMERCIAL LEOPOLDINA

 


 

COMPLEXO RESIDENCIAL E COMERCIAL LEOPOLDINA

Rio de Janeiro - RJ - 2007

cliente: ---

área construída: 128.200 m²

 


 

A história da Estação barão de Mauá começa em 1898, quando a Companhia Estrada de Ferro Leopoldina passou a ser controlada pelo capital inglês adquirindo novo nome: “The Leopoldina Railway”. O auxílio do governo brasileiro e a recuperação econômica do país contribuíram para que os ingleses pudessem remodelar as linhas da ferrovia, além de reorganizarem os serviços, reconstruírem novas linhas, reformarem o material rodante e outras melhorias, que ficaram acordadas com o Governo Federal, entre elas a construção de uma estação de chegada no Rio de Janeiro, a serem realizadas durante os anos da concessão da ferrovia.

Durante anos, o Governo Federal pressionou a diretoria da “The Leopoldina Railway” para dar cumprimento ao compromisso de construir a estação definitiva da ferrovia no Rio de Janeiro. A companhia inglesa, por sua vez, deu duas opções de escolha ao governo brasileiro: a primeira, era eletrificar os trens do Rio para Petrópolis e a segunda, era construir o prédio definitivo da estação. Depois de muitos entendimentos, ficou priorizada a construção da estação.

O prédio da estação Barão de Mauá foi inaugurado em 1926, com a proposta de ser uma edificação suntuosa e imponente, que pudesse abrigar as atividades administrativas do sistema ferroviário operado pela “The Leopoldina Railway”, além de servir de estação terminal de passageiros. Da estação partiam e chegavam trens de passageiros para os subúrbios do Rio de Janeiro e interior do estado, para Minas Gerais e Espírito Santo.

A gare tem sua cobertura em estrutura metálica importada da Inglaterra. O lanternin tem fechamento em vidro aramado e venezianas metálicas que garantem boa ventilação e iluminação natural. Todo o espaço da gare é circundado por colunas toscanas e vãos em arcos plenos que proporcionam continuidade visual para as outras áreas internas e externas da estação.

É interessante ressaltar que as Estações Ferroviárias são os grandes símbolos do progresso no século XIX e início do XX.

“O impacto da locomotiva a vapor foi, com certeza, sensacional, e retratou o que havia de mais revolucionário dentre as conquistas de tecnologia no século XIX.”(Silva:1987)

No entanto, as estações compreendiam em seu programa não só a gare e plataformas de embarque, mas também áreas destinadas aos diversos serviços necessários ao apoio aos passageiros, e por vezes os setores da administração da própria ferrovia. Diferentemente das gares cuja arquitetura / estrutura são fruto direto da revolução industrial e das técnicas de construção em ferro, os prédios destinados a esta outra parcela do programa serão, em sua maioria, edificados com soluções estéticas e construtivas muito mais tradicionais.

“As estações ferroviárias eram de fato templos da nova tecnologia e seus espaços se multiplicavam pela criação de serviços, utilizados por indivíduos de todos os níveis sociais. Não era pois estranho que os arquitetos passassem a tratar as estações como o faziam com os demais edifícios públicos, tais como ministérios, palácios da justiça, onde os espaços eram dominados por arranjos decorativos quase sempre carregados de um alto teor simbólico.” (Silva:1987)

O projeto do Complexo da Leopoldina teve Rodrigo Azevedo / AAA como responsável pelo contrato.

 

 

 

 

 

Equipe:
Marco Milazzo
Rodrigo Azevedo / AAA
Ana Paula Polizzo
Paulo Vidal
Gustavo Martins

 

Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina Conjunto Residencial e Comercial Leopoldina

 

www.000webhost.com