2000

Portfolio Completo PDF

CENTRO CULTURAL NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS

 


 

CENTRO CULTURAL NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS

Rio de Janeiro - RJ - 2008

cliente: Fiocruz

área construída: 1.600 m²

 


 

A tuberculose, doença conhecida desde a antiguidade, teve sempre sua cura baseada na climoterapia. No Brasil, as cidades serranas foram se estabelecendo como o melhor endereço para a construção de sanatórios: Nova Friburgo, Miguel Pereira, Campos do Jordão são alguns exemplos de cidades que atraiam doentes por seu clima agradável e considerado propício para a cura dessa doença. Data dos anos 20, o início da atuação governamental direcionada ao controle e profilaxia da tuberculose, com a criação em 1920 da Inspetoria de Profilaxia da Tuberculose, no bojo da Reforma Sanitária, apesar de sua atuação estar restrita ao Distrito Federal, a Inspetoria começou a traçar as políticas públicas para essa doença ainda muito restritas à construção de dispensários (urbanos), preventórios (para as crianças em situação de risco) e à educação sanitária. A mudança significativa é percebida a partir da década de 1930, sobretudo com a Reforma Capanema onde se buscou a centralização das ações de saúde. Foi dada ênfase ao isolamento dos doentes com a construção de sanatórios. Ao lado de cidades da região serrana fluminense, a baixada de Jacarepaguá despontou como lugar ideal para o isolamento de diversas doenças, por seu afastamento do centro urbano e seu clima bucólico.

A Colônia Juliano Moreira, construída em 1924 na baixada de Jacarepaguá, estava inserida na linha de isolamento dos doentes mentais. Contudo, a grande incidência de tuberculose fez com que o governo federal, começasse a transformar, na década de 30, hospitais gerais em hospitais para tuberculosos. Foi nesse movimento que a Colônia passou a abrigar, em 1944, um sanatório para tuberculosos – o Pavilhão Nossa Senhora dos Remédios.
Instalado na parte mais alta do terreno e bastante afastado da Colônia propriamente dita, esse prédio representa vários momentos da luta contra a tuberculose no país e no Rio de Janeiro: o investimento do Estado no aumento de leitos disponíveis para o atendimento de tuberculosos, tanto no que tange a construção de sanatórios, quanto na adaptação de prédios já existentes – nesse caso, o uso do terreno já existente; a questão do isolamento dos doentes; a não necessidade da construção de sanatórios de altitude; e a feição que a baixada de Jacarepaguá vai tomando na primeira metade do século XX – o clima ameno e seu afastamento do centro urbano propiciando o isolamento de diversas doenças.
Com relação ao valor arquitetônico do prédio, ele está inserido na transição do Art-Déco para o moderismo, preservando características de ambas as escolas. Assim como a arquitetura não pode ser entendida fora do contexto histórico-social no qual está inserida, da mesma forma a construção desse pavilhão de tisiologia em uma colônia de psicopatias não pode ser lido fora do contexto das políticas de saúde postas em prática pelo governo Vargas.
Isso posto, acreditamos que esse prédio é de extrema relevância para o Patrimônio Cultural da Saúde por seu caráter de síntese da política de controle da tuberculose no Brasil, pela história social das doenças e por sua inserção na dinâmica da Colônia Juliano Moreira. A preservação deste pavilhão passa pela compreensão de seu real valor e o que ele representa. A importância que se confere a esse imóvel extrapola a arquitetura ou sua disposição urbanística. Encontramos aqui materializado um importante fragmento da história da medicina no Brasil. Ele se torna, assim, um lugar de memória da história da medicina e das políticas públicas no Brasil.

O Projeto para o Pavilhão Nossa Senhora dos Remédios no Campus FioCruz da Mata Atlântica consiste na restauração do Pavilhão existente, na construção de um anexo para o auditório e nas intervenções nas áreas externas.

 

 

 

 

 

Equipe:
Marco Milazzo
Gustavo Rosadas
Tom Caminha
André Thurler
Ana Paula Polizzo
Fernanda Muse
Gustavo Martins
Maria Renata
João Paulo Bastos

 

Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 3 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 13-Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 2 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1y Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 07-nss remCentro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1 Centro Cultural Nossa Senhora dos Remédios - Proposta 1

 

www.000webhost.com